29 março, 2012

Curiosidades da minha terra

Seria uma praga?
Curiosa olhei o bicho como se o quisesse engolir só com os olhos. E que grandes olhos tinha aquele insecto em comparação com o resto do corpo. E as asas, tao frágeis...
Ao fim destes anos continua a ser um mistério para mim como se conseguem manter em cima de agua, ou em superfícies finas, com as asas a agitar ao vento, sem serem levadas ou destruídas. Os ingleses chamam-lhes dragões voadores, por aqui chamamos-lhe libélulas ou carinhosamente, libelinhas. Esta na hora de voltarem a aparecer, com os calores da Primavera.
Pessoalmente gostaria que se chamassem dragões voadores, tal como em inglês, porque a aparente fragilidade engana, e como na imagem que guardo na imaginação do dragão, quem diria que o animal fosse capaz de voar?
Hoje sei que parece que vem em pragas, mas não. Nos e que entramos desastradamente nos locais onde elas habitam. Embora se tenham passado tantos anos, ainda hoje, como dantes, adoro observa-las a voar, e gosto especialmente quando tem o a vontade de poisar perto de nos.

Por vezes a aparente fragilidade nada diz acerca de alguém. E a curiosidade, tal como o resto na vida, deve ser na proporção certa, para não ferir ninguém.

Beijinhos a todos e um óptimo fim-de-semana, se eu já não passar por aqui.


Sete Mares- Amor Electro

http://www.youtube.com/watch?v=P53HJ7OV0WQ&sns=fb

26 março, 2012

Criar sentidos



Muitas vezes damos por nós a perguntar-nos: Qual o sentido da vida? Qual o significado de tudo o que se passa à nossa volta? Bom, a verdade é que ninguém nos pode responder a não sermos nós próprios. Muitas vezes as respostas não estão certas ou erradas, só as perguntas... Pergunta-te o que não está bem, o que podes fazer para alterar, e provavelmente à tua volta tudo começará a fazer algum sentido.

"Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

                                                                                                             Fernando Pessoa

Vale sempre a pena, tudo aquilo que a vida nos dá, vale sempre a pena darmos um pouco de nós à vida

"Quero para mim o espírito desta frase, transformada a forma para a casar com o que eu sou: Viver não é necessário; o que é necessário é criar."

                                                                                                               Fernando Pessoa


Desejo-vos uma óptima semana, obrigada pela vossa visita (=

21 março, 2012

A nossa natureza na poesia

Hoje é um dia importante: dia da árvore; uma das maiores fontes de oxigénio do nosso planeta. Respiram consumindo o que nós libertamos, libertam o que nós consumimos e necessitamos para viver. Sem árvores não existíamos e elas permitem o equilíbrio da nossa "casa maior". Hoje é também o dia da poesia, um dos alimentos da alma, linguagem de quem ama , de quem sente, de quem tem música nas palavras e ritmo sonoro no seu modo de pensar.
Por isso tudo e porque por aqui se comemora o inicio da Primavera, o novo renascer da natureza e da vida a despontar para mais um ciclo de tempo que não se mede em horas, criei um vídeo:

Um vídeo com a musicalidade do som e da poesia, com as imagens que a natureza nos dá e que as maravilhas da técnica permitem transformar no sonho que cada um quiser sonhar.

Feliz recomeço, espero que se deliciem com o alimento da alma e o respirar do pensamento: Música e Poesia


19 março, 2012

Feliz dia dos pais

Pai é todo aquele que dá carinho, protecção, que está presente nos momentos dificeis, nos momentos felizes. Pai chora as nossas lágrimas, sorri as nossas gargalhadas. Pai compreende, rallha, ama, segura e faz doer quando é preciso.
Ser pai é a forma suprema de ser ser Homem.
Para todos eles, os pais de coração, a meu presente.

Feliz dia

13 março, 2012

A maior felicidade

" Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague o seu coração de esperanças, mas nao deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o! "

Fernando Pessoa



Por vezes por mais distante que uma pessoa pareça estar de nos, em tempo, espaço, época ou estilo de vida, sentimos que a identificação acontece quando por simples frases conseguimos entender perfeitamente a mensagem que pretendia transmitir.
O sentimento humano e igual em todas as formas de ser quando nos referimos ao bem querer.

10 março, 2012

Pensamentos desordenados sobre a incúria da fúria.

Quem não se sentiu já furioso/a? Aquele borbulhar flamejante, que nos atinge como uma agressão mesmo no meio da barriga, e que vai aquecendo as entranhas e subindo ate ruborizar as faces e nos deixar com ar de desenho animado que vai largar fumo, a qualquer momento, pelas orelhas. Não sentiram já isto? Péssimo sentimento. Os pensamentos desordenam, deixamos de ter brilho natural e transformamo-nos em algo parecido com coisa nenhuma: um ser feio, uma mistura heterogénea de pensamentos, gritos e desordem que reflecte em quem nos ouve, fazendo com que nos transmitam exactamente a mesma mensagem desordenada que enviamos . No final ninguém consegue entender nada.
Tal e qual! Resolveu alguma coisa? Não, piorou! Alguém entendeu alguma coisa? Não, só ficou ainda mais confusão no ar.
Por isso eu aconselho: antes de perder a paciência e inflamar tudo e todos por qualquer motivo que seja, pense que se explodir, ninguém vai perceber o que você realmente e ou efectivamente quer.

Conselho: fixa a imagem que acompanha o post. O que e que vês? Pede a alguém para dizer o que e que vê. Vais perceber que se transmitires uma imagem difusa cada qual tira a conclusão que quiser. Por isso lembra-te: um acesso de fúria nunca resolveu problema nenhum, mas já criou muitos!

Bom fim de semana meus amigos.

08 março, 2012

o Ser mulher

Create your own banner at mybannermaker.com!


O século passado foi marcado por muitas coisas, mas sobretudo pela luta de muitas mulheres pela igualdade. Saíram de casa para ir trabalhar, deixaram o seu papel de fadas do lar para assumirem um papel mais activo na economia, não só familiar mas também nacional e internacional. Isso trouxe coisas boas e coisas menos boas. Se é certo que como cidadãos não devemos tolerar as diferenças de género, muitas de nós na ânsia pela igualdade esqueceram as particularidades das nossas diferenças que devem ser enaltecidas também. Não quero ser protegida, quero ser respeitada, mas quero que respeitem as diferenças da minha biologia, da minha estrutura, dos meus projectos de futuro. Se quero ser mãe, necessito que me respeitem por isso, se quero ser operária, trabalhadora, politica, bailarina, também. Quero que me dêem o amor que dou de volta, quero que me olhem como uma pessoa que tem direito às suas escolhas.
Não sou melhor ou pior por ser mulher, sou simplesmente mulher e é isso que quero comemorar convosco hoje e sempre, para isso ofereço este selo para que o levem para os vossos sítios, se quiserem, e me digam: o que é para vocês o ser mulher? ( serve para todos , homens e mulheres, amigos blogueiros que queiram aceitar o desafio, só gostava que deixassem por aqui um comentário se o aceitarem).

Feliz todos os dias! que todos eles sejam o dia daqueles que se amam e aproveitem-nos todos para oferecer algo especial à outra metade de vós que é aquele/a por quem se apaixonaram

beijinhos

03 março, 2012

Amizade, procura-se?

Muitas vezes dou comigo a pensar o que será feito desta ou daquela pessoa. Outras vezes dou por mim a fazer um esforço de memória para me lembrar de alguém, que outro alguém afirma que eu conheci.
Talvez o nome se perca, mas a imagem fica agarrada a recordação dos bons momentos, mesmo que tenham sido curtos, foi um alguém que nos tocou de alguma forma , por algum motivo em algum momento e e isso a amizade.
Provavelmente o contacto perdeu-se devido a distancia, ao rumo da vida ou as circunstancias, mas o sentimento fica. Fica colado aos traços da memória, as linhas que coseram o rumo das nossas vidas e sempre que essas pessoas forem importantes não se esquecerão jamais.

E você se passa por aqui e porque também acredita que a vida se faz de amor e união, o que faz quando sente saudade de alguém com quem não fala há muito tempo e de quem perdeu o contacto??

01 março, 2012

Alice no país das importâncias






Hoje fiquei "presa" logo na primeira leitura que fiz. A Alice tocou num ponto fraco da nossa sociedade e disse em poucas palavras o porquê de muitas vezes termos que nos esconder para podermos ser nós próprios. Exige-se a perfeição quando está mais que comprovado que a perfeição não existe. Só existe o equilibrio dinâmico que nos mantém em movimento em busca do que procuramos.



e é por isso que o amor é cada vez mais escasso nos dias que correm, falta-nos a sinceridade para assumir as nossas fraquezas e a sinceridade dos outros para aceitá-las ( ou vice-versa) .