16 abril, 2012

A máquina das emoções (uma força harmoniosa)



Já aqui tinha falado desta música, fazendo uma reflexão sobre a lógica da coragem versus a força. É uma música de que gosto, tal como gosto que a coragem pontue as nossas atitudes sempre que é necessária a força para resistir a algum tipo de brutalidade ou até mesmo algum tipo de injustiça por mais insignificante que possa parecer. Gosto de perceber aquilo que ouço, aquilo que me é oferecido ou exposto. Por isso decidi traduzir, numa versão mais suave, talvez mais harmoniosa.
É imprescindível que vivamos a nossa vida de forma harmoniosa, tentando perceber o que se passa e transmitindo, serenamente, o que aprendemos a quem nos rodeia, porque são as coisas de que gostamos e aqueles que amamos que fazem a felicidade dos nossos dias. Porque adoro a minha lingua e o meu país e ainda acredito que podemos minorar os efeitos da torre de babel em que se tornou a nossa civilização. Porque sim! porque TE amo e gosto bastante que se sintam bem, dentro dos meus segredos, assim como gosto de os vestir, para ser ainda mais feliz!


Boa segunda-feira! Espero que gostem


Beijinhos