10 março, 2012

Pensamentos desordenados sobre a incúria da fúria.

Quem não se sentiu já furioso/a? Aquele borbulhar flamejante, que nos atinge como uma agressão mesmo no meio da barriga, e que vai aquecendo as entranhas e subindo ate ruborizar as faces e nos deixar com ar de desenho animado que vai largar fumo, a qualquer momento, pelas orelhas. Não sentiram já isto? Péssimo sentimento. Os pensamentos desordenam, deixamos de ter brilho natural e transformamo-nos em algo parecido com coisa nenhuma: um ser feio, uma mistura heterogénea de pensamentos, gritos e desordem que reflecte em quem nos ouve, fazendo com que nos transmitam exactamente a mesma mensagem desordenada que enviamos . No final ninguém consegue entender nada.
Tal e qual! Resolveu alguma coisa? Não, piorou! Alguém entendeu alguma coisa? Não, só ficou ainda mais confusão no ar.
Por isso eu aconselho: antes de perder a paciência e inflamar tudo e todos por qualquer motivo que seja, pense que se explodir, ninguém vai perceber o que você realmente e ou efectivamente quer.

Conselho: fixa a imagem que acompanha o post. O que e que vês? Pede a alguém para dizer o que e que vê. Vais perceber que se transmitires uma imagem difusa cada qual tira a conclusão que quiser. Por isso lembra-te: um acesso de fúria nunca resolveu problema nenhum, mas já criou muitos!

Bom fim de semana meus amigos.

5 comentários:

  1. sem contar os males corpóreos como resultado e a sensação mental de destruição... vim pelo blog da Elaine 'De dentro pra fora', conhecer sua página... seguindo... bjuuu de bom final de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Brigada pela sua presença aqui e pelo seu contibuto

      Volte sempre, beijinhos

      Eliminar
  2. Olá amiga, também visitando a Elaine cheguei até aqui...Gostei muito da tua postagem, voltarei mais vezes e com mais tempo para ver a outras...Ah! eu vi um ursinho no fundo da figura rsrsrrsrssssss
    Grande abraço e feliz semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (: eu por acaso também ; beijinhos, brigada pela sua presença

      Eliminar
  3. Oi amiga, a fúria nos faz mais mal a gente mesma.

    Te desejo uma semana iluminada.
    Beijos de violetas.
    Lua.

    ResponderEliminar