06 fevereiro, 2012

O valor de cada lagrima

Amor e' saudade, amor e' alegria, mas amor e' também tristeza e segredo quando dentro do peito não se sabe o que fazer com determinado sentimento ou pensamento.
Sortudos os que desde sempre aprenderam a amar. Previligiados da troca de afectos expressam com precisão o que lhes vai no peito e aprendem cedo a naturalidade da troca e do carinho.
Infelizes os que percorrem o longo caminho da solidão para aprenderem que amar e' nada mais do que ser natural e fiel a si próprio.
Feliz de quem percorre essa estrada orientado, pobre do que caminha confuso, perdido e por vezes abandonado. Mas cada lágrima caída amolece a dureza do caminho. Cada amigo verdadeiro e' um sinal, um guia, uma orientação. Por isso devemos prestigiar esses e abandonar os outros que só pretendem a confusão e a solidão de quem procura encontrar o seu caminho.

Quem ama verdadeiramente compreende, entende a dificuldade de quem vive preso nas suas próprias amarras, ou procura entender, compreender, acompanhar e fazer chegar a porto seguro os que querem aprender esta tao bela arte de amar sem medo de dar.

Ps: descobriste em mim aquilo que eu nem sonhava que existia e aguentaste calado a incompreensão, a chacota e a maldade alheia de quem me via perdida sem encontrar um caminho. Amei-te em verso e amo-te ainda mais todos os dias porque perdoas todos os meus exageros e incompreensoes. Todas as lagrimas que chorei foram merecidas e com elas farei um colar de diamantes que não chegam para mostrar o quanto és precioso na minha vida. Amo-te cada dia mais e mais.

Uma óptima semana para todos os que procuram desvendar os tao importantes segredos do amor.